HELENA MONTEIRO
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

Maria Helena da Silva Lima (Helena Monteiro)

Natural da cidade de Santo Antônio/RN, nasceu em 29 de junho de 1968, canceriana apaixonada pela família e pelas estrelas, herança herdada do seu pai (falecido).

Psicóloga, Escritora, Poetisa, Contista, Roteirista e cada dia mais adentrando na imensidão do universo artístico e cultural procurando enveredar assim nas artes visuais, produção cultural e pesquisadora das comunidades quilombolas existente no município..

Curte ser negra apesar de acreditar que vivemos num país bastante preconceituoso, mas esse fator tem sido fonte de estímulo para ela seguir sempre adiante acreditando em Deus e sem perder a fé..

Atualmente reside em sua cidade Natal, depois de viver 15 anos na Capital do Estado, tem uma filha de 11 anos – Laura Sofia, casada, Filha de Fernando José da Silva e Severina Luiz da Silva. Cursou o ensino fundamental I na Escola Estadual Professor Alexandre Celso Garcia e o ensino Fundamental II e médio na Escola Estadual Filomena de Azevedo, na sua cidade de origem.

Graduada em Letras, em 1994 e Psicologia em 2002 pela UFRN – Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Pós Graduação em Saúde Pública pela Universidade Estadual Vale do Acaraú-Ceará.

Na adolescência, participou da Pastoral da Juventude de 1986 a 1994 fundando o grupo de Teatro Popular Axé, fazendo o papel de diretora, escritora e produtora das peças teatrais. Participou ainda das CEB’S, na Diocese de Natal, colaborou com a construção de um Centro Pastoral em Santo Antônio. Membro do Partido dos Trabalhadores (PT), de 1986 a 1994, foi candidata à vereadora e presidente do partido em Santo Antônio, no ano de 1994.

Enquanto estudante de Letras participou, com outros artistas da Região Agreste, de uma coletânea de Poesia no Núcleo de Ensino Superior do Agreste (NESA/Nova Cruz-RN), intitulado “Há uma primavera em cada vida” publicando, na ocasião, um encarte de poesias. Fez parte da comissão organizadora das Semanas Universitárias nas cidades de Santo Antônio e Nova Cruz. Em 1994. Em 1997 expôs diversas poesias na Universidade Estadual de Campina Grande-PB.

Lançou o primeiro livro de poesias Fecundação, em 1997, publicou Borboletas na Chuva, em 1998, em 2002 foi uma das ganhadoras do Concurso de Poesia Luís Carlos Guimarães realizado pela Fundação José Augusto e em 2003 fez parte da coletânea 20 Poetas Novos lançado também pela Fundação José Augusto. Em 2003 lançou o terceiro livro de Poesia As Noites e a Ventania.

Enveredou pelo Romance no ano de 2004 com perfil autobiográfico O Que não Cala em Mim, e em 2007 lançou Mulheres que Amam – romance baseado em fatos reais.

.Divulgou suas poesias no Jornal do Agreste (1997) e no jornal O Galo (2000), da Fundação José Augusto/Natal-RN, como também divulgou seus Contos na Revista do Conselho Estadual de Cultura. Foi professora-monitora do pré-escolar (1986/1987) e do ensino fundamental (1994/1995), nos municípios de Januário Cicco, Passagem e Santo Antônio. É funcionária Pública da Secretaria de Estado da Tributação desde 1990 .Trabalhou no CRAS – Centro de Referência em Assistência Social na cidade de São Gonçalo do Amarante-RN como Psicóloga enfatizando em seu trabalho oficinas terapêuticas de teatro, dança, poesia, música, pintura e desenho. Em 2009 trabalhou no CRAS na cidade de São José do Campestre e na cidade de Santo Antônio no NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Mulher (até o presente momento).

Foi roteirista e pesquisadora do Documentário “Santo Antônio de Todas as Artes” do Projeto Mais Cultura da Fundação José Augusto patrocinado pelo Banco do Nordeste, Instituto Nordeste de Cidadania e Ministério da Cultura. Atualmente está fazendo parte do Núcleo de Cultura do município de Santo Antônio e do Fórum Estadual de Cultura, no segmento de cultura afrodescendente. E continua sempre inspirada escrevendo suas poesias, contos e se dedicando ao mesmo tempo a um novo romance intitulado Quando fala o Coração, também baseado em fatos reais.

Contatos:
E-mail: hlciceroyahoo.com.br
Celular (84) 9925.2588