NAIDE GOUVEIA
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

Naide Maria Saraiva de Gouveia é natural de Natal,RN. Originária de uma família de advogados, médicos, militares e escritores, tendo como referência José da Penha, ela é verdadeiramente uma pessoa dotada de dons artísticos cênicos e literários. Foi preparada pelas professoras do jardim de infância, para participar de apresentações teatrais e declamar poesias do poeta Olavo Bilac, desde os cinco anos de idade, onde estreou como protagonista na peça teatral" Buscando a Estrela Azul.” Aos 10 anos, sempre às quintas-feiras, no momento cívico, após o hasteamento da bandeira, ela recitava para os escoteiros, versos de Olavo Bilac e tinha preferência pelas poesias: Ouvir estrelas, A boneca, e Velhas árvores. Muito cedo manifestou interesse pelos livros de contos, romances e literatura de cordel. Aos dezesseis anos, porém,conheceu um encantador jovem do curso de preparação para formação de piloto da Aeronáutica e por ele se apaixonou e viveu o seu mais gigante momento de amor, que lhe custou muitas noites de insônia e lágrimas, separados que foram pelo pai do jovem que temia que tal idílio viesse a prejudicar a carreira do filho. Foi então que ela procurou preencher o vazio da separação,compondo poemas e escrevendo no seu diário secreto. Muito cedo ingressou na carreira do magistério e como professora sempre teve a grande preocupação em desenvolver nos seus alunos o hábito da leitura.Em especial a literária. Ao concluir o curso superior de Serviço Social e pós-graduar-se em Saúde Pública pela UNAERP, se dedicou exaustivamente ao trabalho e às letras. Se tornou palestrante, apresentando reflexões sobre os mais variados temas, sempre focada no estudo sobre os instintos, emoções e sentimentos. Escreveu vários livros de poesias e ficou fixada na ideia de fazer romances retratando o lado do Bem e do Mal que resume a vida humana. Suas vivências profissionais de saúde em hospital de urgência muito a humanizaram e inspiraram muitas histórias, narradas por ela em verso e prosa. Escrever poesias passou a ser o seu lazer;também, num ansioso desejo de perpetuar seus registros, passou a escrever romances dramáticos, depois crônicas. Sendo assim, as suas obras foram espalhadas nas Escolas Públicas e Privadas, com o objetivo de incentivar a prática de ler. escreveu e publicou 29 livros: Bate Coração Mosaico Eco.:Ondas de Momentos O Mar e o Eu Trifásico Pelos Caminhos de uma Grande Emoção:Ternura Força Cigana O Assumido Crepúsculo Achados Poéticos Vidas e Passagens de um Deus Vivo Poemas Divinos para os Aflitos do Vestibular Pensares I Pensares II Pensares III Um Grito de Aleluia ou Dor Cartas aos Imortais das Letras Ele o mundo das Multidões A Menina das Montanhas I A Menina das Montanhas II O Caçador de Sonhos Descobrindo o Amor Letras de Instintos Emoções e Sentimentos Mais que Guerreira As Usurpadoras Encontro de Águias Vidas Nuas Dança de Palavras Naná e o Trem da sua vida. Escalando Montanhas O Moço Valente do Paraquedas. Suas obras inéditas são: O Silêncio Amargo da Inocência Cactos entrelaçados Palavras têm Peso Foi longe... Quando ocupou a função de Presidente do Conselho de Pais da Escola Estadual Winston Churchill em 2012,realizou um próspero trabalho educativo junto ao alunato do noturno,incentivando a assistir as sessões do Cine Arte apresentadas pela Assembléia Legislativa do RN, onde trabalhava como orientadora de saúde e social. A vida de Professora Universitária não a impediu de escrever seus livros. Lecionou na Academia Superior da Polícia Militar Coronel Milton Freire, e na FAL-Faculdades de Natal, ensinando Sociologia e Metodologia Científica. Também desenvolveu um trabalho educativo de base de planejamento familiar e métodos anticoncepcionais no 7° BEC do Exército. SOCORRISTA e poetisa completaram seu desejo de servir ao próximo. E seu entusiasmo não parou por aí.Idealizou um intercâmbio literário com os Poetas Cordeirenses do Rio de Janeiro, e num intercâmbio construtivo trocaram poesias e formaram um grupo de hétero influência de assuntos intelectivos educativos. Recentemente criou um outro grupo de intelectuais virtuais e passou a incentivar a prática de selecionar músicas e divulgar poetas nacionais e internacionais virtualmente. Dentre os seus vínculos intelectivos ela é membro da União Brasileira de Escritores, membro do Instituto Histórico e Geográfico RN e da REBRA- REDE DE ESCRITORAS BRASILEIRAS. Como escritora,Foi condecorada com a Comenda Júlia Alves pela Câmara Municipal de Natal, e recentemente foi reconhecida pelos seus grandes serviços assistenciais e educativos prestados ao Município de Maxaranguape, sendo condecorada com o título de Cidadã Maxaranguapense. Desde o ano 2OOO que está focada no sonho de conseguir seu ingresso na Academia Norte-Rio-Grandense de Letras sempre pleiteando uma cadeira como imortal.E para isso já concorreu mais de trinta vezes e ao lado de desembargadores, juízes, procuradores da Justiça Federal, médicos escritores,artistas e tantos outros profissionais de peso. Das 42 cadeiras ela foi autorizada a buscar uma vaga nas cadeiras: 1,2,3,4,7,8,9,10,11,12,13,15,17,20,21,25,32,35,36,37,38, e 41. Alguns dos imortais que com ela concorreram vieram a falecer como foi o caso do Ministro Fausto, da advogada Ana Maria Cascudo, dos Médicos Ernâni Rosado e José de Anchieta, o historiador Ticiano Duarte,o jornalista e deputado estadual Agnelo Alves e outros. Tendo como lema: Retroceder, nunca e desistir jamais, Naide Gouveia continua escrevendo enquanto aguarda o seu momento. Na Assembleia Legislativa foi contemplada com monções honrosas por escrito, tendo sido emitidos requerimentos que foram julgados e aprovados por unanimidade pelos seguintes deputados estaduais: José Dias, Gilvan Carlos, Arlindo Dantas, Fábio Dantas, Wober Júnior, Álvaro Dias, Vivaldo Costa, Lavoisier Maia, Márcia Maia, Walter Alves, Ezequiel Ferreira, Jacó Jácome, George Soares, Cristiane Dantas e Kelps Lima. Do Senado Federal, recebeu voto de louvor dado pela Comissão de Educação Cultura e Lazer da autoria do Senador Garibaldi Alves. Recentemente idealizou e inaugurou a brinquedoteca Diógenes da Cunha Lima, da Escola Recriar em Candelária e a biblioteca da Escola Estadual Winston Churchill. Estendeu recentemente um trabalho educativo na escola Stoessel de Brito do Turno Noturno de Maxaranguape, desenvolvendo palestras sobre Ética e Cidadania, como também de incentivo à leitura, à pintura e à música. Recentemente idealizou um intercâmbio cultural literário com o Instituto Federal Histórico de MS e com o apoio do Presidente da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras Diógenes da Cunha Lima que prefaciou vários livros da escritora, e fez doação à Academia de Letras de Mato Grosso do Sul de vários livros de escritores norte riograndenses. No momento, a escritora está pleiteando mais uma uma vaga, em virtude de falecimento de mais um imortal.