IRANAIA BARRETTO
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

Chamo-me Iranaia Barretto Alves, sou a última em uma prole de oito. A pertença a uma família tão numerosa sedimentou a afetividade em minha estrutura psiquica como traço dominante. Nascida no interior da Bahia, onde vivi a infância e a adolescência, guardo na alma a experiência de aconchego, talvez como extensão da vivência em clima frio e cinzento como era em Vitoria da Conquista, minha cidade primeira. De lá saí para estudar em Salvador e não mais voltei. Casei-me e morei anos em Itabuna, no sul do estado. Sou mãe de dois filhos e uma filha, todos casados, e é sobretudo na família que faço experiência de Céu.
Graduei-me em Pedagogia pela UFBA, mas sempre tive como interesse maior o estudo da Psicologia. Na subgetividade me perco e me encontro, movimento que me capacita a também melhor entender o outro. Especializei-me em Psicopedagogia, no Rio de Janeiro, mas atuei sobretudo como professora de Psicologia em Curso Normal - já extinto - e nas Universidades UESC e UNEB. 
Atualmente inauguro a aposentadoria, o que me deixa tempo livre para dedicar-me à Literatura. Na adolescência descobri o prazer da leitura; mais tarde, pela necessidade de maior dedicação aos estudos, diminui a intensidade desse hobby. Por toda minha vida escrevi de forma assistemática, assim como quem satisfaz uma necessidade quando ela surge. Na maturidade, no entanto, quando em processo de psicanálise, fui assaltada pela premência de escrever. Produzi então, de forma avassaladora, poesias, contos, crônicas e até um romance. A sensacão era de que as águas represadas se tivessem desaguando. Agora o "rio" segue em correnteza mais tranquila. 
Não consigo parar de escrever, nem quero fazê-lo, pois este ato é para mim uma fonte de enorme prazer, apesar das "dores de parto" que acompanham o ato criativo.