SANDRA COUTO
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

Mulher, mãe, avó, tradutora e escritora, Sandra Couto nasceu no Rio de Janeiro, morou em São Paulo por muitos anos e atualmente vive em Rochester/Michigan, EUA. Sua primeira paixão foi a música, iniciando estudos de pianos aos seis anos de idade. Contudo, a literatura acabou por atraí-la de forma invencível. Desde a infância, lia com avidez tudo o que lhe chegava às mãos - por vezes volumes demasiado pesados para seus braços pequeninos. Seus companheiros de meninice - fiéis ao longo de toda a vida - foram os livros de Lígia, Machado, Eça, Cecília, Carlos Drummond e Pessoa, entre tantos outros. Assim, decidiu devotar-se durante longos anos à tradução literária, após um curso de Letras. Em 2002, selecionada no Projeto Caça-Talento da Editora Nativa, publicou o livro “Foto Antiga”, que reúne poemas escritos a partir de 1985. Sua poesia surpreende. Nada de frases pomposas e enigmáticas, mas uma poesia simples e direta (embora sem perder a sensibilidade) como raramente se encontra entre iniciantes. Como disseram a seu respeito, Sandra “é poetisa que não se esconde atrás das palavras, mas ousa ser simples e oferece-nos todo o sentir e o sofrer dos seus pequenos e mágicos momentos, revelando a poesia que está inscrita na trama das coisas.” Nos últimos anos participou de diversas antologias organizadas pela REBRA e pela Editora Scortecci,além da antologia Fernando Pessoa e Convidados, publicada pela editora Mágico de Oz (Portugal) em 2014. Em 2012 teve dois microcontos escolhidos pela Geração Editorial para figurar no ebook Geração em 140 Caracteres -- link para download: http://wp.me/pC6mz-yh. Em março de 2015, em parceria com Déa Falcão, sua mãe, publicou o livro Pérolas Esparsas -- Nos Labirintos do Tempo (Ed. Scortecci)