ANTONIELLA DEVANIER
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

"Estar viva é seguir este sonho porque ele não é apenas o MEU sonho, as palavras não mudam a realidade, como a educação certamente é capaz de fazê-lo, mas as palavras transformam a linguagem e na linguagem, a vida humana se constrói..."

Antoniella Carneiro Devanier Lopes acaba de lançar pelo SELO EDITORIAL REBRA o seu primeiro livro individual A REVOLUÇÃO DO ORVALHO, com poemas escritos nos últimos 10 anos. Este livro reúne todas as fases da poeta que, atualmente, divide o trabalho de criação literária com o Mestrado em Comunicação e Semiótica da PUC/SP e pesquisas apresentadas em Congressos e Seminários.

Ela nasceu em Feira de Santana, Bahia, estudou no Centro Educacional "O Pequeno Príncipe" e no Colégio Nobre de Feira de Santana até a adolescência. Aos 17 anos, participou da Coletânea Segredo - Retorno à Vida, em homenagem à poeta Mabel Veloso, pela editora Contemp, Salvador, Bahia. Participou, na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, em 2000, da Antologia Literária Palavras de Amor, pela editora Casa do Novo Autor. Em maio de 2001, participou com o conto A meus pés e a teus pés, da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. A poesia Por isso choro que compõe esse conto é de seu irmão Antonio Lopes Neto, de 18 anos. Antoniella Devanier possui crônicas publicadas no jornal alternativo do Clube da Idade Legal, em Campinas.

Além de contista e poeta, ela trabalhou como repórter do Jornal Bahia Hoje, em Salvador e foi aluna/pesquisadora da CAPES, pela Universidade Federal da Bahia. A autora acredita na literatura como fonte de solidariedade humana, amor e vida. Quando escreve, deseja uma "comunhão" que muitas vezes não consegue nos limites do cotidiano.