NÉLIDA PIÑON
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

Nélida Piñon nasceu no Rio de Janeiro. Formada no Curso de Jornalismo ,da Faculdade de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Filha de Olivia Carmen Cuiñas Piñon e Lino Piñon Muiños . De família originária de Cotobade, Galícia.
Membro da Academia Brasileira de Letras desde 1989, em 1996-1997 tornou-se a primeira mulher, em 100 anos, a presidir a instituição, no ano do seu I Centenário.

Sócia-Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa desde 2-12-1999.
Eleita para a Academia de Filosofia do Brasil – Rio de Janeiro – 2004 Em 1970, inaugura a primeira cadeira de Criação Literária, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.
Titular da Cátedra Dr. Henry King Stanford in Humanities, da Universidade de Miami, desde 1990, até 2003 - ocupada anteriormente por Isaac Baschevis Singer, Prêmio Nobel, quando renunciou à cátedra.

Visiting – Writer:
Harvard University -, em Cambridge , 2001
Georgetown University, Washington,DC-1999
John Hopkins University. Baltimore, década de 80
Columbia University, Nova York –1978
Ocupante da Cátedra Alfonso Reyes, em setembro de 2002, em Guadalajara, México, fundada por Carlos Fuentes e outros intelectuais.
Ocupante da Cátedra Júlio Cortazár , em novembro de 2001 , em Guadalajara, México. Fundada por Gabriel Garcia Márquez e Carlos Fuentes.

Prêmios Internacionais:
2005 - 15 de junho- laureada com o Prêmio Príncipe de Asturias –Letras, indicada por um júri formado por 20 intelectuais espanhóis, presidido pelo Presidente da Real Academia, Don Victor Garcia de La Concha, em Oviedo-Españha. A ser entregue pelos Príncipes de Asturias no dia 21 de outubro de 2005, em Oviedo. Primeiro escritor de língua portuguesa a receber esta láurea.
2004 - abril – nomeada Puterbaugh Fellow para 2004 - prêmio oferecido pela Universidade de Oklahoma e a revista The World Literature Today. Primeiro escritor brasileiro a receber esta láurea concedida anteriormente a: Octavio Paz, Carlos Fuentes, Mario Vargas Llosa.
2003 - laureada com o Prêmio Internacional Menéndez Pelayo – entregue em Santander pela Ministra de Educação e Cultura de Espanha , no dia 10 de julho de 2003 – Primeiro intelectual de língua lusa e primeira mulher a receber este prêmio. O laudatio havendo sido feito pelo escritor Mário Vargas Llosa.
2002 - Laureada com o Prêmio Rosalía de Castro, para conjunto de obra em língua portuguesa – Galícia , em Espanha , concedido pelo Pen Clube da Galícia, em maio de 2002 . Nesta mesma oportunidade , ganhou o referido prêmio, em língua espanhola, o escritor argentino Ernesto Sábato.
2001 – setembro - Laureada com o Prêmio Ibero americano de Narrativa Jorge Isaacs, de Cali , Colômbia – para conjunto de obra. Primeiro autor de língua portuguesa e primeira mulher a receber tal prêmio.
1995 – novembro -Laureada com o Prêmio Juan Rulfo de Literatura Latino-americana e do Caribe, no México, entregue em Guadalajara, na Feira Internacional do Livro, para conjunto de obra. O laudatio havendo sido feito pelo escritor Carlos Fuentes. Primeiro autor de língua portuguesa e primeira mulher a receber tal prêmio.

Prêmios Nacionais:
Prêmio Golfinho – conjunto de obra – Brasil.
Prêmio Nestlê – conjunto de obra – Brasil.
Prêmio Mário de Andrade – melhor livro do ano, com o romance A casa da Paixão – Brasil.
Prêmio Walmap - Brasil e outros prêmios.
Prêmio Jabuti, de Letras, com o livro Vozes do Deserto, melhor romance do ano. 2005.

Recebeu os seguintes títulos internacionais:
Doutor Honoris Causa da Universidade de Florida Atlantic,USA- 1996.
Doutor Honoris Causa da Universidade de Poitiers, França, l997.
Doutor Honoris Causa da Universidade de Santiago de Compostela, Espanha, em 1998. A primeira mulher a receber o título em 503 anos.
Doutor Honoris Causa da University of Rutgers, USA, 1998.
Doctor Honoris Causa da Université de Montréal, Canadá – maio 2004.