JOYCE CAVALCCANTE
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

A escritora Joyce Cavalccante é autora de treze significativas publicações de ficção de prosa. É também a idealizadora e atual presidente da REBRA - Rede de Escritoras Brasileiras, associação que reúne cinco mil mulheres em torno da palavra escrita e suas consequências.

Embora se sinta atraída superlativamente pelo sossego de seu estúdio, onde escreve seus romances de longo curso madrugada a dentro, não consegue desconhecer as dificuldades pelas quais passa a escritora brasileira, principalmente as iniciantes, quando tentam fazer sua voz ouvida e seu talento reconhecido num mercado editorial cada dia mais estreito e mais pendente ao lado e aos interesses masculinos. Foi justamente para colaborar com a solução desse problema que criou a presente associação cuja missão é divulgar a escrita das mulheres brasileiras de maneira intensa e abrangente.

Joyce é cearense. Nasceu em Fortaleza – a mais linda cidade do Brasil - e mora em São Paulo - a mais vibrante.

Atua como jornalista, romancista, contista, cronista e conferencista. Publicou onze livros individualmente, e participou de dezenove coletâneas de contos com outros autores. Tem obras traduzidas para o inglês, sueco, francês, italiano, espanhol e holandês.Contribui sistematicamente com a imprensa publicando contos, resenhas ou artigos, e já faz algum tempo, vem se dedicando a palestras sobre literatura feminina brasileira nas universidades do Brasil e do exterior.

Entre os prêmios que mereceu destaca: Prêmio APCA - Associação Paulista de Críticos de Arte - de melhor ficção de 1993, por seu romance “INIMIGAS INTIMAS. Prêmio Radio France Internationale, pelo conto ”NEGUINHA”, em 2002. E ainda, em 2007, recebeu significativo prêmio concedido pela ACADEMIE DE ARTS, SCIENCES ET LETTRES da França. Prêmios são pequenos incentivos para uma grande paixão, diz.

Atualmente dedica-se a escrever a saga do povo brasileiro de origem nordestina entre os anos de 1954 ao ano de 2004: Constrói a tetralogia chamada “O CORAÇÃO DOS OUTROS NÃO É TERRA QUE SE PISE”, iniciada com os já publicados romances “INIMIGAS ÍNTIMAS” e “O CÃO CHUPANDO MANGA . Tem a literatura como um privilégio, dai tanto entusiasmo.