RITA DE CÁSSIA FERNANDES ARAÚJO
PORTUGUÊS
TEXTOS
 
TEXTO

A SÃO PAULO MEU PAI,COM AMOR. Rita de Cássia Araújo Aquele era um dia especial, São Paulo fazia aniversário, 450 anos de lutas e glória. Querido Pai, estávamos juntos você tomava um café e saboreava pão de queijo, eu devorava um pastel, lá na paulista, onde tudo acontece. Quantas saudades! Aprendi a respeitar esta cidade admirada por ti com tanto amor. Cidade cosmopolita, onde velho, menino e cachorro são respeitados, Tu me dizias, e é uma grande verdade. Andávamos de mãos dadas, Avenida Brás Leme, apreciando os frutos maduros e as arvores floridas. Este lugar é lindo minha filha! Aqui eram os quintais e jardins das casas antigas. Hoje, encantadora avenida respeitada pelos moradores, conservada pelo poder publico. Pai, também te digo, árvores centenárias adoradas por colibris e abelhas colhendo néctar nos canteiros. Há calma, serenidade e muita doçura, uma fábrica de suspiros coloridos, Pai humilde e guerreiro, guardei nossas palavras e sonhos, hoje mesmo distante sinto o perfume das flores e dos frutos maduros. Vontade de estar contigo! A ti cidade querida, parabéns. És meu aconchego, meu lado familiar. Pai e mãe no campo Santo de Congonhas. Seja bendita, benditos sejam teus filhos verdadeiros ou de adoção. Viva ! Viva! Viva!