FLAUZINEIDE MACHADO
PORTUGUÊS
TEXTOS
 
TEXTO

Eu Vou Caminhar 

Nuvens negras me olham,
Ao mesmo tempo
Eu olho o mar.

O embalo das ondas
Me acalma,
Seus respingos
Lavam-me a alma,
Fico feliz a cantarolar.

As nuvens negras passam,
Tristes vão embora,
E eu,
Ah! Eu vou caminhar 


Cantando



 
Cantando andei na vida,
Também tive que chorar.
Foram dias atribulados,
Mas eu nunca quis parar.

Cantando andei no mundo,
Hoje expresso no olhar,
A cada dia a poesia
Vem invadir meu pensar.

Faço versos,
Poesia,
Faço feliz
Meu caminhar.

A cada momento
Um sentimento.
Às crianças,
Dedico meu olhar.



Luz Divina 

Eu sou uma luz
Que vem de Deus
Para brilhar.
Eu sou semente
Sou aprendiz
A semear.
Eu sou a vida
Bem vivida,
A exemplificar.
Eu sou temente,
Sou resistente
Eu vou lutar... 

Foi Bom Assim 

Eu precisava
Tomar ciência
De minha presença
Já esquecida.

Foi bom assim,
Eu vi enfim
Minha essência transcender.

Eu precisava
Repensar,
Buscar amor
Para ofertar.

Sai à rua
Olhei a lua
Pus-me a cantar.

Eu precisava,
Foi bom assim,
Achei em mim,
O meu viver
Ora esquecido
E dedicado a outro ser.

Eu precisava,
Isso bastou,
Tudo mudou
No meu viver. 


Fixei Em Seus Olhos Meu Olhar


 
Um pássaro solitário
Em meu ninho
Fez pousada.

Eu alerta,
Fixei em seus olhos
Meu olhar.

Ele livre
Vinha e ia embora
Na repetida hora.

E sozinha
Me deixava a pensar...
Será que ele voltará?