LAIRCE VASCONCELOS
PORTUGUÊS
TEXTOS
 
TEXTO

Liberdade

A liberdade na qual vivemos nos aprisiona nas malhas de um mundo de conceitos e preconceitos, de leis e costumes que nos escravizam. Canta-se a liberdade em verso e prosa, porém, só a alcançamos ao deixarmos o cadáver inútil para os vermes que se banqueteam com nossos restos mortais.
A morte liberta o espírito para elevar-se a um mundo de paz e sublimação, se é que existe um céu com anjos,serafins e querubins ociosos, tocando harpas e flautas.

Pessoalmente, experimento momentos de liberdade plena quando escrevo.A palavra é meu
vôo livre. Sem regras nem censura e sem obedecer estilos, escrevo o que quero e como
quero. Poemas de amor; versos de protesto; contos de fadas; histórias de bruxas; histórias
da vida; ficção e realidade.

Escrevo por metáforas; disfarço entrelinhas; mostro por analogia ou rasgo o verbo e vou direto ao assunto.
Faço UMA VIAGEM INSÓLITA por VEREDA DOS INSENSATOS onde CADA LOUCO TEM SUA MANIA e vou ao gueto de OS PÁRIAS. Como BELEZA NÃO SE PÕE NA MESA, sirvo ARROZ, FEIJÃO E JILÓ e ofereço CHOCOLATE QUENTE & MEIAS DE LÃ. Freud explica A SEDE de MENINA MOÇA que perdura em mim.
Quando escrevo, sou como um pássaro voando no espaço infinito da imensidão azul, lá DO OUTRO LADO DO CÉU!"