ARTURITA TEIXEIRA PINTO
PORTUGUÊS
TEXTOS
 
TEXTO

IDADE? MULHER?

Mulher é árvore que morre em pé...
É montanha impávida, não se amedronta.
É ave, é ovo, é ninho, calor, amor.
Que em sendo idosa, é também menina,
que sendo fêmea pode sim
ser macho se preciso for!
Que tem das forças todas as forças,
que em sendo forte pode ser suave.

Mulher gera... espera...

Tiranizada, subjugada, anos a fio, dominada...
Hoje fera indômita, que sabe bem a
força que possui e mesmo assim
finge não saber.

Idade?

Para este ser não há. Há o hoje...
que urge ser vivido.
Por que enquadrá-la, segregá-la, rotulá-la?
Primeira, segunda, terceira idade?

Isso é pobre!

Idade têm as pedras que do lugar não saem,
que criam limo, que não brotam,
não dão flores nem frutos.

Mulher é única...

Ser mulher é dádiva ,é dividir-se,
é dar-se, é desapego, é desafio...