BETTY SILBERSTEIN
PORTUGUÊS
BIOGRAFIA
 
BIOGRAFIA

Escritora, tradutora, revisora. Conselheira Editorial, colunista e revisora do Jornal Sem Fronteiras. Até a presente data, tem 12 livros publicados; participou de 102 antologias; revisou 263 livros; traduziu 44 livros e prefaciou 29. Formada em Letras pela Universidade Mackenzie (SP), fez o Curso Project Zero Summer Institute – Harvard Graduate School of Education (Cambridge – Estados Unidos). Pertence a várias Academias de Cultura no Brasil e no exterior. Alguns de seus textos e livros têm sido discutidos e trabalhados por estudantes na Universidade de Miami (EUA). Seus livros estão nas livrarias brasileiras, na Amazon.com (versões impressa e eletrônica) e em bibliotecas espalhadas por vários países do mundo, como Suíça, Alemanha, Estados Unidos, França, Índia, Itália e Portugal, onde vive no momento. Betty faz questão de revisar e traduzir livros das mais distintas áreas, de participar de antologias diversas, dividindo espaço precioso com inúmeros escritores de peso, cujo conhecimento e convívio só têm acrescentado positivamente na sua formação como escritora e – principalmente – como ser humano. Ela tem tido, também, enorme prazer em prefaciar alguns livros muito especiais, de escritores idem. PRÊMIOS * Mulher de Valor – concedido pela OBME (Organização Brasileira das Mulheres Empresárias), pertencente à FCEM (Les Femmes Chefs d’Entreprises Mondiales), pela “sua contribuição à conquista do espaço da Mulher na sociedade”, através do seu livro Opus Dei, a Falsa Obra de Deus. (2008) * Prêmio Top Qualidade São Paulo, outorgado pela FALASP (FEDERAÇÃO DAS ACADEMIAS DE LETRAS E ARTES DO ESTADO DE SÃO PAULO) (2008) * Médaille d’Argent da Académie des Arts Sciences et Lettres de Paris (2009) * Mãos e Mentes que Brilham (2010) * Diploma of Achievement pela EAWW (Euro-American Women Writers) e IWWG (International Women Writer Guild). – New York (2010) * Prêmio Personalidade 2011, área de Literatura, concedido pela ARTPOP (Academia de Arte de Cabo Frio) * citada no Dicionário de Mulheres (nomes de brasileiras que se destacaram na vida pública nacional), de Hilda Hübner Flores (2011) * 2º lugar no Concurso de Literatura da Biblioteca Fimba, com o microrrelato Viagens e Esporte, Buenos Aires (Argentina) (2011) * Prêmio Interarte 2011 – melhor livro na categoria religiões, com o livro Opus Dei, A Falsa Obra de Deus - Um alerta às famílias católicas. Prêmio organizado pela Academia de Letras de Goiás Velho. * Prêmio Literário Cláudio de Souza 2012, pelo livro A Surpreendente Louisa May Alcott * Prêmio Literarte de Cultura 2012 “Este faz a Diferença!” (2012) * Prêmio de Literatura da Académie de Mérit et Devouement (Paris) (2012) * Uma das vencedoras do Concurso de Poesias Jorge Amado, de Valdeck Almeida de Jesus (2012) * Prêmio Mulher Personalidade 2013, Zildetti Montiel (2013) * Prêmio Literarte de Cultura 2013 - “Este faz a Diferença!” (2013) * Prêmio em Comemoração à Revolução de 32 - Concedido pela Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura e o IBB (Instituto Biográfico do Brasil) (2013) * Prêmio Diamond of Arts and Education - Projeto Europa Cultural Literarte e Abrasa (2013) * Sócia Honorária da REBRA (2014) * Prêmio Excelência Literária Rebra (2014) * Troféu Colunista Sem Fronteiras (2014) * Prêmio Excelência Cultural 2014 – ABD (2014) * Moção de Aplausos da Câmara do Rio de Janeiro (2014) * XXX Prêmio Mulher 2015 – As Mulheres do Brasil em Destaque (2015) * Prêmio Excelência Jornalístico Cultural Sem Fronteiras (2015) * Troféu Saci 2015 – ALAB (2015) *Troféu Colunista Sem Fronteiras (2016) *Troféu Magnífico Sem Fronteiras (2016) * Moção de Aplausos da Câmara do Rio de Janeiro (2016) * Uma das ganhadoras do 1º Concurso Literário Brasil-Itália, com o Lançamento da Antologia Vozes Ítalo-brasileiras I (Editora In House) (2016) * Homenagem Amigo do Sinap-Esp (2017) * Troféu Imprensa Sem Fronteiras, na Categoria Colunista Cultural, pela coluna Pitadas Culturais (2017) *Convidada a fazer parte do Projeto Cultural SIMPLESMENTE MARIA, elaborado por Lionizia Goyá, inscrito no Edital 06/2017 do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás – Fundo Cultural, com o texto “Metacismo Mulherengo”, acompanhado do retrato feito pela pintora da autora. (2018) *Prêmio Talentos Helvéticos / Helvetia Edições pelo livro A Surpreendente Louisa May Alcott, como melhor livro de biografia. (2018) *Moção de Louvor e Reconhecimento da Câmara Municipal do Rio de Janeiro pela trajetória de seu trabalho cultural editorial da Rede Midia sem Fronteiras, com a coluna Pitadas Culturais (2018). * Troféu Imprensa Equipe Sem Fronteiras, pela condução de sua Coluna “Pitadas Culturais” no Jornal Sem Fronteiras e pelo empenho em colaborar para a disseminação da Cultura. (2018) * Troféu Mérito Cultural, pela Rede Mídia Sem Fronteiras. (2019) * Participação do 4° Festival de Poesia de Lisboa (2019). * Participação da 90ª Feira de Lisboa (2020)